vá para conteúdo
Rosa do Deserto

Rosa do Deserto

Tempo de leitura: 3 minutos

Como seu nome sugere, ela é originária de desertos e nativa da África. A Rosa do Deserto é uma espécie de suculenta com flor. Com flores vibrantes e um caule escultural típico das suculentas, é fácil perceber por que a planta se destaca.

Como cultivar a Rosa do Deserto?

Veja como plantar Rosa do Deserto com as condições ideais: 

Solo

Para imitar o solo do deserto, misture a mesma quantidade de terra com areia grossa. O nosso Mix de Plantio é adequado para a Rosa do Deserto e já conta com a nutrição necessária para o primeiro mês de vida. 

Adubo

Essa espécie está acostumada com baixa disponibilidade de nutrientes, portanto a dosagem e frequência de adubação deve ser menor. O Bokashi é uma opção prática para adubar e você vai precisar de apenas uma dose a cada 30 dias. 

Luz 

Ela aprecia locais de intensa luminosidade, o ideal é que receba pelo menos 6 horas diárias. Quanto maior a disponibilidade de luz, mais flores brotam. Caso não tenha disponibilidade, adapte com uma lâmpada fluorescente branca, elas são ideais para o crescimento das plantas.  

Água 

Como o seu solo ideal é arenoso, a água nunca deve ficar empoçada. Ao regar, deixe escorrer a água. Regue uma vez na semana ou um pouco menos, conforme suas condições locais.  Esses tipos de plantas gostam de passar sede por um longo período. Só repita a rega quando o solo estiver seco.

Poda 

Para sua Rosa do Deserto produzir bastante ramificações, corte o galho principal, cure a ferida do corte com um cicatrizante como o mel, por exemplo. Isso vai favorecer as ramificações laterais e depois basta um pouco de paciência e atenção com a planta.  

Curiosidades

Nos países africanos onde a espécie é nativa, o extrato da Rosa do Deserto é utilizado contra piolho, caracol, lesma e caramujos e outras pragas. Para fazer esse inseticida natural, basta esmagar suas flores e caules e diluir em 10 partes iguais de água.

Além disso, sua seiva é altamente tóxica, não podendo ser consumida de forma alguma. Fique atento com as crianças e animais de estimação. Se possível mantenha sua planta em um local alto com iluminação. 


Gostou das informações? Você já conhecia a Rosa do Deserto? Conte pra gente nos comentários e bom cultivo!

Artigo anterior Solstício de Inverno
Próximo Artigo Pomar, jardim e horta: qual a diferença?

Deixe um comentário

Comentários serão aprovados antes da publicação

* Campos obrigatórios