vá para conteúdo
Quer plantar melissa? A gente ensina como!

Quer plantar melissa? A gente ensina como!

Tempo de leitura: 2 minutos

Você conhece a planta melissa?

Popularmente conhecida como erva-cidreira, essa é uma planta com diversas propriedades medicinais por ser rica em muitas substâncias que fazem bem à nossa saúde. A melissa cresce como arbusto e suas folhas, grandes e ovais, têm bordas recortadas. São folhas de um verde intenso por cima e mais claro por baixo, sempre cobertas por uma penugem que confere toque aveludado à planta. A melissa também exala um perfume cítrico, parecido com o do limão – por isso, é comumente confundida com outras plantas aromáticas. Por apresentar muitos benefícios para o nosso organismo e usos variados no nosso dia a dia, que tal incluir a melissa no seu cultivo em casa? Aqui, preparamos algumas dicas para começar a plantar melissa e tê-la sempre à mão!

Para que serve a melissa?

A melissa (Melissa officinalis) é usada como planta medicinal desde a Grécia Antiga, quando se acreditava que seu chá, feito a partir da infusão das folhas de melissa, tinha poderes de fortalecer o cérebro e o coração. Hoje, o mesmo chá é usado ao redor do mundo para ajudar a regular o sono, reduzir a ansiedade e a tensão, aliviar gases, cólicas e enxaquecas.

Além da infusão para fazer o chá de melissa, essa planta também é usada na gastronomia para trazer um toque leve e herbal para doces ou até para agregar sabor a carnes brancas, como aves e peixes.

Como plantar melissa?

Plantar melissa não é difícil e você pode fazer isso em casa – basta seguir nossas dicas para tornar o cultivo mais simples e fácil!

O lugar do plantio é importante: deve ser uma área parcialmente sombreada, sem incidência direta do sol, pois o contato constante com a luz solar pode deixar sua melissa com uma aparência de queimado na borda das folhas.

Outro fator importante para evitar esse mesmo problema com as folhas é a falta de água: mantenha a planta sempre hidratada, fazendo regas regulares para manter a terra úmida, mas não encharcada.

Se for cultivar sua melissa do lado de fora, é importante ficar atento também com a temperatura, pois o frio excessivo pode causar sérios danos à planta. Recomendamos manter o solo sempre fértil, com bastante matéria orgânica, para que a melissa possa se desenvolver no seu máximo potencial. Aqui, falamos um pouquinho mais sobre a importância da adubação.

E ficou ainda mais fácil de cultivar essa planta na sua casa com o nosso Kit Mudas | Melissa! Ele vem com um sachê de sementes e cápsulas de germinação feitas de turfa, proporcionando o cenário ideal para a semente crescer forte e saudável.

Quando o broto apresentar o segundo par de folhas, é só levar a cápsula inteira para seu local definitivo – vaso ou canteiro – e pronto!

Cuide regularmente da sua melissa para que, além das folhas exalando perfume, também apareçam algumas flores. A floração da melissa ocorre normalmente no fim do verão, e ela pode te surpreender com pequenas flores brancas, rosas e amarelas!



Artigo anterior Guia de Cultivo Completo: Girassol
Próximo Artigo O legado de Burle Marx

Deixe um comentário

Comentários serão aprovados antes da publicação

* Campos obrigatórios