vá para conteúdo
Guia de Cultivo Completo: Nirá

Guia de Cultivo Completo: Nirá

Conhecido como alho japonês por seu sabor semelhante, é originário do sudeste asiático e muito consumido como tempero. Utilizado também para fins medicinais, tem capacidade de fortalecer o sistema imunológico. No Brasil, é fácil encontrar o Nirá em mercados e lojas orientais e ele faz parte do grupo de plantas alimentícias não convencionais.


Como preparar o vaso?

Para o Nirá crescer saudável, a planta precisa de um solo bem drenado, com disponibilidade de matéria orgânica e nitrogênio. Prepare um substrato adequado ou aproveite nosso Mix de Plantio. É importante utilizar um vaso com furos ou sistema de drenagem.

Como germinar e plantar?

Podem ser germinadas no local definitivo ou para transplante. É possível plantar de 3 a 4 mudas por vaso, colocando de 8 a 10 sementes em uma profundidade de 1 a 2 centímetros e cobrindo com terra. Mantendo-a sempre úmida, as sementes começarão a brotar entre 6 a 16 dias. 

Qual a melhor época para plantar?

Regiões com temperaturas entre 15° e 24° são ideais para o plantio, garantindo o sucesso durante o ano todo. No calor intenso suas folhas ficam menores e um pouco amareladas.

De que tamanho minha planta vai ficar?

Isso varia conforme as condições de cultivo (disponibilidade de luz, água, nutrientes, tamanho do vaso, tipo de tutoramento*, podas). No geral, elas crescem cerca de 20 a 30 cm verticalmente. 

(*Tutoramento: técnica da agricultura onde se utilizam pedaços de bambu, varas de madeira ou outros materiais com a finalidade de amparar a planta, orientando seu crescimento.)

Posso plantar em vasos? 

Sim, pelo tamanho das raízes e estrutura da planta, é possível utilizar vasos pequenos.

Necessidade de sol 

É necessária a exposição ao sol por pelo menos 3 horas diárias. Se possível, é ideal que a planta receba sol por mais de 6 horas. 

E se eu plantar direto na horta? 

A planta tem crescimento vertical, necessita de pouco espaçamento entre as mudas.  

Como irrigar?

Irrigue sempre ao redor da planta, perto da parede do vaso. Isso estimula o crescimento da raiz. É ideal manter o solo sempre úmido, mas não encharcado. A frequência da irrigação varia conforme as condições do local e vale lembrar que o Nirá gosta de solos bem úmidos. 

Como faço para adubar?

A saúde da sua planta depende da disponibilidade de nutrição. É recomendada a fertirrigação semanal. Confira nosso produto prático para nutrição ideal, a Nutrição Básica | Pronto uso.

Quando começo a colher? 

O crescimento das folhas do Nirá depende das condições gerais. Caso esteja com as condições necessárias, normalmente em torno de 60-90 dias desde a germinação até a colheita.

Como devo colher?

Deve ser colhida retirando as folhas individuais. Se você cortar um pouco acima do seu ponto de brotamento, o Nirá pode rebrotar.

Tenho que podar? 

Se a sua planta estiver crescendo muito verticalmente, corte a ponta das folhas mais altas.

Lembre-se: podas favorecem pragas, portanto tome cuidado ao realizar, observe o local e a saúde da planta. Confira nosso Óleo Cítrico Adjuvante - Pronto Uso para prevenção. 

Qual outra planta posso colocar no mesmo vaso? 

Planta companheira: Cebolinha. 

Quais as pragas e doenças mais comuns?

Mantendo uma boa nutrição e irrigação constante, a maior parte dos problemas serão evitados. Essa planta é extremamente resistente, sendo raríssimos os casos de pragas e doenças.

Como posso combater as pragas? 

Alguns problemas da horta são naturais (clima e temperatura) e outros são estruturais (ambiente, logística e infraestrutura). Se esses problemas forem difíceis de superar e suas plantas estiverem sendo atacadas por pragas, é possível adotar algumas medidas de prevenção e controle para continuar cultivando.

A principal medida que ajuda todo tipo de horta é diversificar o cultivo. Encontre novas variedades de plantas e acrescente na sua horta: cebola, alho, manjericão, alecrim, citronela e hortelã são repelentes naturais para a maioria das pragas, então considere ter sempre alguns plantados por perto. Outra opção interessante é utilizar algum tipo de repelente natural - conheça o nosso produto:  Óleo Cítrico Adjuvante 

Se o seu problema for com fungos, provavelmente existe um desequilíbrio na umidade. Os fungos se proliferam quando o ambiente das plantas está muito quente e úmido, então evite regar nas épocas mais chuvosas e deixe suas plantas em locais arejados. É recomendável podar as primeiras folhas que apresentarem a doença para que não se espalhe.

 Quanto tempo dura?

O ciclo completo pode durar entre 2 a 3 meses, dependendo das condições de cultivo. Se deseja ter uma produção constante de Nirá, é interessante ter mais de uma muda. Recomendamos plantar outro pé quando sua primeira planta atingir 1 mês de vida. 

Como posso reproduzir?

A melhor maneira é a divisão de touceira. Para isso, selecione um exemplar bem desenvolvido que servirá de matriz. Desenterre essa planta, com a ajuda de uma pá e observe que existem alguns bulbos agrupados. Basta separar os bulbos e plantar na terra. Cada um deles é uma nova muda.

Ciclo Fenológico

Fase de Germinação: 6 a 16 dias

Sua semente vai germinar e se transformar numa muda em aproximadamente 20 dias.

Fase de Crescimento: 30 dias

Nesta fase, a muda vai se desenvolver e se tornar uma planta adulta.

Fase de Produção: 40 dias 

As folhas já estão ficando prontas para consumo. 

Fase de Colheita: 60 dias

É possível consumir em dois meses em condições ideais de plantio. 

Fase de Floração: 2 anos

Sua floração depende das condições climáticas. Começam a surgir lindas flores e a quantidade de folhas vai diminuindo.

Fatos Cientificos 

Reino: Plantae

Divisão: Magnoliophyta

Classe: Liliopsida

Família: Alliaceae

 

Bom Cultivo!

Artigo anterior Agricultura urbana na pandemia
Próximo Artigo Solstício de Inverno

Deixe um comentário

Comentários serão aprovados antes da publicação

* Campos obrigatórios